terça-feira, 19 de março de 2013

SAU, três meses do ano, três greves




Essa é a situação dos 250 trabalhadores da empresa SAU – Saneamento Ambiental Urbano, que prestam serviços para a Prefeitura de Curitiba na prevenção contra os mosquitos da dengue.
Desde o começo de 2013 a SAU não pagou o salário em dia nem uma única vez.  O Siemaco está tomando medidas jurídicas para garantir os direitos dos trabalhadores em caso de descumprimento de contrato.