segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Trabalhadores da limpeza começam Campanha Salarial 2013



Mais de 5 mil trabalhares da limpeza  de Curitiba e Região Metropolitana participaram da formação do rol de reivindicações da Campanha Salarial junto com o Siemaco - Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba.
 
A luta de 2013 terá como tema principal o reajuste salarial de 20%, incorporação do valor do tíquete alimentação aos salários, com pagamento inclusive durante as férias e fim do pagamento do salário por hora.
 
Outras funções como auxiliar de cozinha e lavandeira e os próprios cozinheiros também reivindicaram pisos diferenciados na Convenção Coletiva de Trabalho.
 
Para Manassés Oliveira, que é presidente do Siemaco e também da Feaconspar (Federação dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do Paraná) a expectativa é manter a tendência de crescimento salarial e ampliar os benefícios sociais como saúde e qualificação profissional. "Esse é o momento de mostrarmos aos patrões a necessidade de investirmos na melhoria de qualidade dos contratos para mantermos nossos trabalhadores no setor", disse Manassés.
 
Nos dois últimos anos o Siemaco teve sua convenção destacada entre as melhores do Brasil pelo Dieese - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.
 
A pauta de reivindicação dos trabalhadores de Curitiba será somada ao rol levantado pelos Siemacos de Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Paranaguá, Londrina, Maringá e Ponta Grossa, para a formação de um documento único.  Os pedidos dos trabalhadores são encaminhados para o Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação (SEAC) para negociação.
 
Os novos salários entram em vigor a partir de primeiro de janeiro e vale para os 50 mil trabalhadores do Paraná. "Negociamos os sete sindicatos juntos para fortalecer a representação dos trabalhadores e manter condições dignas e iguais nos 399 municípios do estado", explicou Manassés.